O monstro

O monstro

Essa vida é muito complexa e isso é tão óbvio que dá até arrepio
Não consigo acreditar que eu fui pego nessa parada chamada amor
Todos dizem que complicamos tudo mas não é bem assim
Há sentimentos, não somos meros bonecos de pano e sem corações
Mas certamente não somos capazes de entender isso por completo
Outros poetas já tentaram e um deles deixou a pergunta no ar:

Quem inventou o amor?

Durante essa grande jornada eu ainda não achei a resposta
Amar era pra ser bom, bom pra mim e pra você
Mas nem sempre é assim, o amor também dói
Ele toca no profundo da alma onde ninguém pode ver
Ele destrói e deixa marcas permanentes, cicatrizes incuráveis
E o tempo não apaga, ele só nos faz esquecer

Eu fujo todos os dias mas esse amor me faz voltar e tentar de novo
Mas não sou nenhum dos heróis das histórias, eu me canso
E agora é a hora de parar
Não estou cansado de persistir mas eu não quero continuar sofrendo
Eu já fui feliz, nós já fomos felizes e nenhum tolo ouse dizer que não
Eu estou destruído e quero dormir, acordar num outro lugar distante

Um lugar onde não exista você

Sair do ar, ficar sem radar, partir pra outra frequência
Não te quero mais e isto é tão forte, fala alto aqui dentro de mim
Não era pra ser assim
Você virou um monstro que atormenta minha capacidade de amar
Um monstro mais forte que eu, um monstro tão fraco sem mim
Será que raptaram seu coração? Então eu quero de volta o que é meu

Nessa contradição de idas e voltas você fechou a porta e eu…
Eu não quero mais você, já te perdi tantas vezes e sei do gosto amargo que tem
As águas me submergiram mas eu voltei e você não me ajudou
Então eu chorei por minhas expectativas frustrantes
Hoje eu te perdi de novo e não preciso disso amanhã
Só preciso mesmo é saber de uma coisa

De onde vem os monstros?

Título original ”De onde vem os monstros?”
Original: 24 Fev 2013 – 19h51min

Anúncios

Sobre leootaciano

Técnico em administração e informática, atua com publicidade, marketing e design, escritor

Publicado em abril 26, 2013, em Textos. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: